O complexo de Harry Potter

novembro 1, 2005

Caderno Mais. Folha de São Paulo. 30/10/2005


O sociólogo alemão Robert Kurz critica o neo-utopismo tecnológico e a noção de “trabalho imaterial” desenvolvidos por Antonio Negri e Michael Hardt em seu livro “Multidão”, que está saindo no Brasil

ROBERT KURZ
COLUNISTA DA FOLHA

Um aspecto do êxito mundial de “Harry Potter” consiste talvez no fato de um desejo infantil ser despertado. É que, em tempos de crise, seria sumamente agradável reduzir a pó todos os problemas com uma vara de condão. Os turbo-consumidores dos anos 90, cujo dinheiro infelizmente se esvaiu nesse meio tempo, encontram-se em busca da última palavra em fantasia ideológica, com a qual podem escapulir, sem mais esforços de emancipação, da realidade agora arriscada.

Leia o resto deste post »